"E se tu olhares, durante muito tempo, para um abismo, o abismo também olha para dentro de ti." (Friedrich Nietzsche)

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Remédios e Tédios


Essa dor de cabeça invoca
A dor sufocante do nada
Isso me invade, sufoca
Isso me faz ficar parada

Esperando um milagre
Esperando uma ajuda anônima
Não sei se já é tarde
Talvez o erro é ser catatônica

Eu fico aqui estacionada
Olhando pela janela e vendo o céu
Um tanto maravilhada
Mesmo estando ao léu

Fumando alucinadamente
Tomando meus remédios
Que desmancham minha mente
Que me trazem sonos e tédios

Cadê aquela mão amiga que não peço?
Aonde foi parar o meu ânimo?
Dizem que isso tudo é porque não rezo
Dizem que é apenas desânimo

Não preciso rezar para ser feliz
Não preciso de religião pra ser amada
E você mesmo que se contradiz
Com essa sua Guerra Sagrada!


3 comentários:

  1. amiga to com saudades, vem me visitar vem!?

    ResponderExcluir
  2. Não sei, quando a grana pintar por aqui no meu bolsito! hahahaha Você tem que vir também, né?!

    ResponderExcluir
  3. Hahahaha Pensei que era outra carol! Agora q entendi! Que burra eu! =/

    ResponderExcluir