"E se tu olhares, durante muito tempo, para um abismo, o abismo também olha para dentro de ti." (Friedrich Nietzsche)

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Epílogos e Finais





"Vidas sem destinos
Entradas e saídas
Jogos perdidos
Verdades traídas

Aonde se escondeu o amor?
Para que tanto descaso?
Por que se render a dor,
Se do nada eu me refaço?

Eu posso perder no final
Eu posso ganhar também
Você poderá estar aqui afinal
Ou poderá ser outro alguém

Mentiras e verdades
Veladas e escondidas
Não diga que são vaidades
Ou que já foram vencidas

A desordem por completo
Eu vou arrumando agora
Espero estar no caminho certo
Ou eu então irei embora

Não me leve a mal
Eu ainda tenho um coração
Só acho que é fatal
Brincar em plena escuridão"

Nenhum comentário:

Postar um comentário